7 sacadas para conquistar o público nos shows

Compartilhe este artigo :

O show certamente é o momento máximo de uma banda. Cada apresentação é diferente e o público também responde de formas diferentes, mas como ter uma resposta positiva na maioria das suas apresentações? Te entregamos 7 sacadas para garantir o sucesso em suas apresentações.

1 – Entenda o local, o ambiente e o público

Procure conhecer bem o local que a sua banda se apresentará e o público que frequenta aquele ambiente – O público dirá que caminho você deve seguir, então se é um ambiente que pede animação, como barzinhos e pequenos shows, faça acontecer, agora apresentações em locais mais culturais, como teatros, sarais e empresas, talvez o tipo de som buscado seja algo pra cima, mas não tão agitado.

Considere também a faixa etária das pessoas. Quem está na faixa dos 20 à 30 anos (na maioria dos casos) tem bem mais disposição de dançar do que pessoas na faixa dos 40, que querem uma música para curtir.

2 – Alinhe o seu visual com a sua mensagem

Não se trata de estar arrumadinho demais, mas as pessoas podem levar a sua banda a sério ou não dependendo da sua roupa e de como você se porta – esse senso de julgamento já faz parte do nosso dia a dia, mais ainda quando estamos sobre o palco.

Que tal substituir aquela camiseta mais ou menos por uma camisa que mostre que você realmente se preocupou em escolher algo que te represente bem e demonstre o seu profissionalismo e respeito pelo público, certo?!

É claro que estilo é importante, e você precisa ter um vestuário que represente o seu estilo individual sem destoar do estilo da banda, afinal vocês são uma equipe, tem que haver coerência como grupo.

Utilizar itens autênticos que te representem também é uma forma de marcar presença na mente das pessoas. Um chapéu, um colar, um estilo específico de camisa, uma cor em comum com os demais integrantes, ou até mesmo um estilo de cabelo ou barba podem ajudar a te tornar uma figura marcante – de forma positiva.

3 – Interaja com o público

As pessoas adoram assistir a uma apresentação, mas mais ainda gostam de ser percebidas pelos artistas, gostam da sensação de pertencimento.

Há vários motivos e ocasiões para conversar ou não com o público, e algumas situações permitem mais conversa que outras, mas importante é que o papo não tire o foco da música, que é o que realmente importa.

Shows mais intimistas e calorosos, como acústicos e pequenas apresentações dão mais abertura para estabelecer conversas rápidas com o público.

Já as grandes apresentações, inclusive com mais estrutura dão espaço apenas para pequenas piadas e comentários rápidos, que inclusive servem de pretexto para trocar uma guitarra ou afinar um instrumento. É uma estratégia muito utilizada pelo vocalista Dave Grohl do Foo Fighters, que aproveita para fazer breves comentários e pequenas conversas engraçadas com a banda enquanto confere a afinação de sua guitarra e dá alguns segundos de respiro para os músicos.

4 – Pegue leve na bebida

A fase de ouro do lema “sexo, drogas e rock’n’roll” já passou! Hoje as pessoas querem um som de responsabilidade para seus momentos de descontração, e um membro da banda alcoolizado – ou todos, em alguns casos – pode prejudicar muito a qualidade da performance e da banda.

Já é comprovado os efeitos do alcoolismo sobre o organismo – não precisamos entrar neste mérito – mas se colocar nessa situação em palco tira a sua autoridade e você perde pontos na escala de celebridade perante o público.

Resumindo, vamos deixar aqueles brindes para a comemoração, depois do show – e isso para os integrantes que não forem dirigir!

5 – Apresente a banda

É muito comum nas apresentações de bandas que o vocalista apresente os demais membros da banda em determinado ponto do show, e isso é uma iniciativa bacana.

É uma oportunidade para o músico fazer um pequeno improviso mostrando seu conhecimento técnico, mas mais que isso, mostra para o público que a pessoa a frente da banda realmente valoriza cada pessoa que está fazendo parte daquela apresentação.

Não deixe de conferir nosso artigo sobre PALCO – 10 dicas para enfrenta-lo e com alta performance!

6 – Marketing é tudo

O momento que você está frente a frente com a audiência é especial, e uma oportunidade para conseguir mais seguidores e fãs para acompanhar o seu trabalho e saber mais sobre você, então vale reforçar em um momento mais próximo do fim do show o nome da banda e as redes sociais que estão presentes. É hora de fazer o marketing musical funcionar.

Os famosos cartões para contatos de outros shows ainda podem funcionar, mas utilizar-se das ferramentas virtuais pode ser um diferencial.

Se você não tiver cartão, pegue o whatsapp dos interessados em saber mais sobre como contratar o trabalho da banda e envie um informativo ou cartão virtual com todas as informações que a pessoa possa precisar, assim também já deixa aberto um canal de comunicação direto.

7 – Se divirta

Por mais que você possa estar tenso no momento da apresentação, lembre-se de porque você começou na música e como você se diverte fazendo isso, trazendo alegria para as pessoas através da sua arte.

As apresentações tensas tendem a ser mais percebidas pelas pessoas, e você ganha um foco que não vale a pena atrair. As apresentações que os músicos se divertem ficam claramente mais leves para a plateia, que responde no mesmo nível de leveza.

Dica extra: Fim do show – comemore!

Ao final de cada show, a banda deve tirar alguns momentos para comemorar entre si. Uma apresentação é o momento máximo de uma banda, e as boas performances devem ser festejadas, inclusive aproveitando para comentar sobre os altos e baixos do show, pontos a melhorar e ideias para o futuro.

Aproveitem cada momento juntos, música é profissão e banda é família.