A música que toca a alma

Compartilhe este artigo :

Tirar um tempinho para ouvir artistas de rua expondo seu trabalho em alguma praça ou metrô é quase impossível, não é mesmo? A correria do dia a dia, a pressa para chegar ao trabalho ou à escola, para pegar um ônibus ou cumprir uma agenda de compromissos pode te impedir de desfrutar de um grande show e aliviar a alma.

Nos Estados Unidos, um jornal resolveu fazer um experimento para ver se as pessoas parariam para ouvir um artista tocando violino. A intenção era descobrir se a beleza seria capaz de chamar a atenção num contexto banal e num momento inadequado. Um dos melhores violinistas do mundo, Joshua Bell foi o escolhido. Colocaram nele uma roupa simples, e o deixaram em uma estação de metrô da capital Washington. Bell escolheu 6 músicas de compositores reconhecidos para tocar. Apesar disso, o resultado foi que apenas 7 pessoas pararam para ouvi-lo, 27 lhe deram dinheiro e somente uma mulher, que já havia ido a um de seus concertos, o reconheceu.

O ingresso para assistir um concerto de Bell custa geralmente US$100, entretanto, em sua apresentação na rua ele só arrecadou US$32. Talvez se mais pessoas tivessem percebido o que estava acontecendo, tivessem parado para prestar atenção e não só escutar um som, mas ouvir com os ouvidos da alma. Eles certamente veriam que estavam economizando um bom dinheiro. Nem o fato de se tratar de um músico diferenciado, os convenceu a parar, talvez porque não estavam ouvindo, mas apenas escutando.

Segundo Platão, “primeiro devemos educar a alma através da música e a seguir o corpo através da ginástica”. Para muitos pesquisadores a música é uma das modalidades que desenvolve a mente humana. A sensação agradável, a emoção e o bem estar que ela produz em uma pessoa, podem levar o indivíduo a raciocinar e refletir muito mais sobre sua vida. Todos temos uma música que já nos embalou em algum momento, seja ele bom ou ruim. Aquela música chicletinho que gruda em sua mente e você fica cantando toda hora, ou aquela que você dança até se acabar, ou ainda aquela que te faz refletir e ir além do que se espera.

Não importa o ritmo, os instrumentos usados, a melodia ou a voz que está sendo entoada, o importante é relaxar, se entregar, se refazer. Acredite alguns minutos podem mudar até mesmo o curso da sua vida.

Então toda vez que estiver andando pelas ruas de sua cidade e ver algum artista cantando ou tocando, pare, ouça, reflita e deixe que as notas musicais entrem pelo seu ouvido e toquem sua alma. Não deixe que a música seja apenas simples notas dedilhadas em um instrumento. Feche os olhos, preste atenção e tire um tempo para recarregar suas energias, porque música boa tem o poder de te despertar para a vida.

Desculpe, para acessar este conteúdo você fazer fazer seu login.

Fazer login